A cooperação é vista na Educação como um meio benéfico que poderia estar presente nas ações da aula e da escola e se estender às comunidades, pois desenvolve sentimentos, valores e atitudes socialmente aceitas como ajuda, amizade, honestidade, entendimento, paz, harmonia, alegria, ajuda mútua, participação, inclusão, criticidade, criatividade, confiança, preocupação com as pessoas. Estudos mostram que a aprendizagem cooperativa na escola proporciona melhor rendimento dos alunos.

Nas aulas de educação física, por meio de jogos cooperativos, se percebe que os sentimentos, valores e atitudes vivenciadas durante a prática representam bem mais do que uma forma diferente de jogar e brincar, representam o aprendizado de aspectos que colaborarão para que o aluno forme sua filosofia de vida. A aplicação dos métodos que estimulam a formação da atitude cooperativa, trazem como resultado melhor convívio social, amenizam a violência, ajudam a superar comportamentos egocêntricos e atendem a função de formação humana que a escola tem.

Neste livro, os autores tiveram a intenção de proporcionar um amplo entendimento sobre cooperação, e mostrar possibilidades de interface com a Educação e com a Educação Física. A leitura deste livro leva a refletir que o futuro da vida humana, com boa qualidade, e a sobrevivência da espécie em nosso planeta dependem da cooperação e do respeito pelo direito dos outros.

Sumário

1. Cooperação

2. Os métodos de ensino e a cooperação

3. Aprendizagem cooperativa

4. A formação das atitudes na escola e seu papel social

5. A cooperação e a criança dos anos iniciais do ensino fundamental

6. Jogos cooperativos e a educação física escolar

7. Referências