Biblioteca de Artigos Científicos

Seja bem vindo ao acervo de artigos da Fontoura Editora

HOMEPAGE MISSÃO COMISSÃO EDITORIAL NORMAS DE PUBLICAÇÃO CONTATO

COMPARAÇÃO DO NÍVEL DE CONHECIMENTO TÁTICO DECLARATIVO E DA TOMADA DE DECISÃO ENTRE ATLETAS ESCOLARES MASCULINOS E FEMININOS DE VOLEIBOL

Para baixar o artigo clique aqui

Autor(es)

Richard Xavier da Fonseca, Rivanildo Constantino dos Santos, Samuel da Silva Aguiar, Lucas Samuel Tessutti, Marcus Tulius de Paula Senna, Henrique de Oliveira Castro.

Resumo

O voleibol, devido as suas características específicas de regras e não invasão da quadra adversária, exige-se de seus jogadores uma alta demanda cognitiva para a resolução de situações-problemas que decorrem nas partidas. Sendo assim, processos cognitivos, como o conhecimento tático declarativo (CTD), são importantes para uma excelência na qualidade das tomadas de decisão (TD) dos atletas. Objetiva-se comparar o nível de CTD e a qualidade da TD entre atletas masculinos e femininos escolares de voleibol. Participaram 20 atletas escolares masculinos de voleibol (idade média de 16,6 ± 1,1 anos; tempo de treino sistematizado de 2,8 ± 1,6 anos) e 21 atletas femininas (idade média de 15,1 ± 1 anos; tempo de treino sistematizado de 3,4 ± 0 anos) escolares de voleibol. Para avaliar a qualidade da TD e o nível de CTD foi utilizado o Teste de Conhecimento Tático Declarativo no Voleibol (TCTD:VB). Observou-se uma diferença significativa na situação de levantamento (LE), quando comparados o grupo masculino e o grupo feminino, sendo os atletas masculinos com pontuações mais altas do que as atletas femininas. Observou-se também diferença na quantidade de respostas corretas (TD) para a situação de ataque de extremidade (AE), sendo maiores para o grupo masculino quando comparado com o grupo feminino. Conclui-se que a especificidade e velocidade do jogo masculino em relação ao feminino é um dos fatores que influência na percepção de sinais relevantes e, consequentemente, no CTD e na TD de jovens atletas escolares de voleibol quando compara-se os sexos.

Palavras-chave: Voleibol. Cognição. Atletas escolares.

Abstract

Volleyball, due to its specific rules and not invasion of the opposing court, requires of its peers a high cognitive awareness for a problem-situations with the frequency of decisions. Thus, cognitive processes such as declarative tactical knowledge (DTK) are important for a change in the quality of decision-making (DM) of athlete. The aim of this study was to compare the level of DTK and quality of DM among male and female school volleyball athletes. Twenty male school volleyball athletes (mean age 16.6 ± 1.1 years, systematized training time of 2.8 ± 1.6 years) and 21 female athletes (mean age 15.1 ± 1 years; of systematic training of 3.4 ± 0 years) school volleyball. To evaluate the quality of DM and the level of DTK, the Declarative Tactical Knowledge Test in Volleyball (DTKT:VB) was used. There was a significant difference in the lifting situation (LE) when compared to the male group and the female group, with male athletes having higher scores than female athletes. There was also a difference in the number of correct responses (DM) for the attack of extremity (AE), being greater for the male group when compared to the female group. It is concluded that the specificity and speed of the male game in relation to the female is one of the factors that influence the perception of relevant signs and consequently in the DTK and DM of young school volleyball athletes when comparing the sexs.

Keywords: Volleyball. Cognition. School Athletes.