Biblioteca de Artigos Científicos

Seja bem vindo ao acervo de artigos da Fontoura Editora

HOMEPAGE MISSÃO COMISSÃO EDITORIAL NORMAS DE PUBLICAÇÃO CONTATO

EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E A PERSPECTIVA INTERCULTURAL NA FRONTEIRA BRASIL-BOLÍVIA: UM ESTUDO DOCUMENTAL

Para baixar o artigo clique aqui

Autor(es)

Ana Claudia Guilherme da Rosa, Carlo Henrique Golin.

Resumo

Este artigo é recorte de uma pesquisa documental em andamento, cujo objetivo é apresentar a estrutura organizacional da Educação Básica brasileira e boliviana, incluindo diálogos com o tema da Educação intercultural na perspectiva da disciplina de Educação Física. Essa articulação visa compreender melhor a situação de contato internacional na fronteira Brasil-Bolívia, considerando em particular a região fronteiriça entre as cidades de Corumbá/MS (Brasil) e Puerto Quijarro-Puerto Suarez (Bolívia). Foram realizadas buscas em fontes de domínio público, disponibilizados no site do Ministério da Educação (MEC) do Brasil e no Ministério de Educación da Bolívia (MINEDU). Os documentos que foram selecionados tratam do sistema educacional de ambos os países, em especial da disciplina de Educação Física. A partir de uma breve análise dos documentos, pudemos compreender a organização do sistema educacional do Brasil e da Bolívia, tanto suas diferenças quanto similaridades, tornando possível a discussão da Educação Física escolar na perspectiva da Educação intercultural enquanto uma possibilidade para as escolas em regiões de fronteira com contato internacional. Por fim, o trabalho traz reflexões sobre o fenômeno da pendularidade educacional na região estudada, enquanto local privilegiado para possibilidades de intercâmbios educativos e culturais, principalmente no campo da Educação Física, além de demonstrar a importância de serem criadas propostas, projetos e/ou políticas públicas que levem em conta os fatores apresentados.

Palavras-chave: Educação intercultural. Fronteira. Educação Física.

Abstract

This article is a summary of an ongoing documentary research, whose objective is to present the organizational structure of the Brazilian and Bolivian Basic Education, including dialogues with the theme of intercultural Education in the perspective of the discipline of Physical Education. This articulation seeks to better understand the situation of international contact at the Brazil-Bolivia border, particularly considering the border region between the cities of Corumbá/MS (Brazil) and Puerto Quijarro-Puerto Suarez (Bolivia). Searches in public domain sources were made available on the website of the Ministry of Education (MEC) in Brazil and in the Ministry of Education of Bolivia (MINEDU). The documents that have been selected deal with the educational system of both countries, especially Physical Education. From a brief analysis of the documents, we could understand the organization of the educational system in Brazil and Bolivia, both their differences and similarities, making possible the discussion of School Physical Education in the perspective of intercultural Education as a possibility for schools in regions of border with international contact. Finally, the work brings reflections on the phenomenon of educational pendulum in the studied region, as a privileged place for possibilities of educational and cultural exchanges, mainly in the field of Physical Education, besides demonstrating the importance of creating proposals, projects and / or policies that take into account the factors presented.

Keywords: Intercultural education. Border. Physical education.