Biblioteca de Artigos Científicos

Seja bem vindo ao acervo de artigos da Fontoura Editora

HOMEPAGE MISSÃO COMISSÃO EDITORIAL NORMAS DE PUBLICAÇÃO CONTATO

PERCEPÇÃO DA MELHORA DA CAPACIDADE FUNCIONAL EM INDIVÍDUOS PRATICANTES DE HIDROGINÁSTICA DO PROJETO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA DA FACULDADE CENTRO MATO-GROSSENSE

Para baixar o artigo clique aqui

Autor(es)

João Ricardo Gabriel de Oliveira, Daiane Fernandes Borges, Carla Mayelli Dias Amaral, Thaís Mendes Vala, Wesley da Silva Santos, Adelar Aparecido Sampaio.

Resumo

Atualmente a sociedade mundial vivencia um momento histórico de incontrolável morbidade, fruto de doenças crônicas não transmissíveis (DCNTs) são responsáveis pela alta morbidade e mortalidade na maioria dos países associadas à inatividade física. O objetivo geral do artigo é apresentar resultados de projeto de intervenção na modalidade de hidroginástica a participantes do Projeto de Extensão Universitária da Faculdade Centro Mato-grossense - FACEM: “Hidroginástica para pessoas com doenças crônicas não transmissíveis”. O método é quantitativo descritivo e de corte transversal com amostragem por conveniência. Participaram da pesquisa 103 alunos, sendo 91 do sexo feminino e 12 do sexo masculino, com idade entre 27 e 60 anos. Na coleta de dados foi utilizado questionário para traçar o perfil dos entrevistados, a identificação de patologias, motivações para prática de atividades físicas e seus níveis e a relação dos níveis de melhoria e parâmetros físicos após a prática de hidroginástica. A partir da análise dos questionários foi observado que através dos 09 (nove) itens referentes à capacidade funcional, os participantes perceberam uma influência significativa no que diz respeito à melhoria de suas capacidades funcionais, destacando entre elas a melhora da coordenação motora, disposição vitalidade e condicionamento físico. Conclui-se verificação de uma influência positiva na melhoria de capacidades funcionais pela prática da hidroginástica no tratamento das DCNT.

Palavras-chaves: Hidroginástica. Capacidade funcional. Saúde.

Abstract

Currently the world society experiences a historical moment of uncontrollable morbidity, the result of chronic noncommunicable diseases (DCNTs) are responsible for high morbidity and mortality in most of the countries associated with physical inactivity. The general objective of the article is to present results of an intervention project in the hydrogymnastics modality to participants of the University Extension Project of the Faculty Center of Mato Grosso - FACEM: "Hydrogeology for people with chronic non-communicable diseases." The method is quantitative descriptive and cross-sectional sampling with convenience. Participated of 103 students, of which 91 were female and 12 were male, aged between 27 and 60 years. Questionnaire was used to trace the profile of the interviewees, the identification of pathologies, motivations for the practice of physical activities and their levels, and the relation of levels of improvement and physical parameters after the practice of hydrogymnastics. From the analysis of the questionnaires, it was observed that through the 09 (nine) items related to functional capacity, the participants perceived a significant influence on the improvement of their functional abilities, highlighting among them the improvement of motor coordination, vitality and physical conditioning. It is concluded that there is a positive influence on the improvement of functional capacities by the practice of hydrogymnastics in the treatment of DCNTs.

Keywords: Hydrogymnastic. Functional capacity. Health