Biblioteca de Artigos Científicos

Seja bem vindo ao acervo de artigos da Fontoura Editora

HOMEPAGE MISSÃO COMISSÃO EDITORIAL NORMAS DE PUBLICAÇÃO CONTATO

UMA PROPOSTA PARA PRÁTICA PEDAGÓGICA DA EDUCAÇÃO FÍSICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

Para baixar o artigo clique aqui

Autor(es)

André Osvaldo Furtado da Silva, Patrick da Silveira Gonçalves, Lucas Silva Skolaude.

Resumo

A Educação Física no passar dos tempos busca incessantemente o seu reconhecimento na área educacional. Podemos pensar que atividades formuladas pelos docentes em conjunto com os estudantes contribuem para que o componente curricular ganhe destaque por sua especificidade como um saber do currículo escolar. Ao interagir com os estudantes compreendemos que há uma ampla demanda de práticas corporais que emergem da sociedade. Entendemos que os docentes possuem autonomia na sua prática pedagógica, mesmo diante de tempos incertos na educação, tanto no âmbito nacional como no estado do Rio Grande do Sul, que é o cenário onde perpassa o presente estudo. Frente a este cenário e aos diversos conteúdos que os docentes de Educação Física são implicados a contemplar na sua prática pedagógica, buscamos formular um calendário de práticas alternativas para a Educação Física que possuam maior aderência dos estudantes na modalidade de ensino da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Desta forma, criou-se um cronograma de práticas pedagógicas alternativas para a Educação Física Escolar, onde foi propiciado aos estudantes explanarem sobre as suas sensações durante o processo de aprendizagem. Isto foi descrito em portfólios que foram os instrumentos para os estudantes descreverem alguns sentimentos diante das práticas propostas pelo docente.

Palavras-chave: Educação Física Escolar. Prática Pedagógica. Educação de Jovens e Adultos. Práticas alternativas.

Abstract

The Physical Education in the passing of the times incessantly seeks its recognition in the educational area. We can think that activities formulated by the teachers together with the students contribute to the curricular component to be highlighted by its specificity as a knowledge of the school curriculum. In interacting with students, we understand that there is a wide demand for bodily practices that emerge from society. We understand that teachers have autonomy in their pedagogical practice, even in the face of uncertain times in education, both in the national scope and in the state of Rio Grande do Sul, which is the scenario where the present study runs. Faced with this scenario and the various contents that Physical Education teachers are involved in their pedagogical practice, we seek to formulate a schedule of alternative practices for Physical Education that have greater adherence of students in the modality of Education of Youth and Adults (EJA). In this way, a schedule of alternative pedagogical practices was created for the Physical School Education, where it was allowed the students to explain about their sensations during the learning process. This was described in portfolios that were the instruments for the students to describe some feelings before the practices proposed by the teacher.

Keywords: Physical School Education. Pedagogical Practice. Youth and Adult Education. Alternative practices.