Biblioteca de Artigos Científicos

Seja bem vindo ao acervo de artigos da Fontoura Editora

HOMEPAGE MISSÃO COMISSÃO EDITORIAL NORMAS DE PUBLICAÇÃO CONTATO

A TRAJETÓRIA DE SANDRA LIMA: A PRIMEIRA LÍBERO DO VOLEIBOL BRASILEIRO

Para baixar o artigo clique aqui

Autor(es)

Marcelo Ribeiro Tavares, Erik Giuseppe Barbosa Pereira.

Resumo

O voleibol, esporte com mais de 120 anos de existência, se transformou muito nos últimos trinta anos e o Brasil tornou-se referência nessa modalidade. Uma das principais alterações foi no sistema de jogo, com a introdução de jogadores especialistas no ataque (oposto) e na defesa (líbero). O objetivo principal deste artigo, portanto, é descrever a trajetória da ex-jogadora Sandra Lima, a primeira líbero do Brasil, que começou jogando no nordeste brasileiro e defendeu a seleção nos Jogos Olímpicos de Los Angeles (1984), Seul (1988) e Atlanta (1996), dentre outras competições importantes. Através de pesquisa documental e entrevista realizada com a própria atleta, em 2014, analisa-se a inserção, a permanência e a atuação da atleta como líbero até o momento em que se aposentou das quadras. Verifica-se que a ex-jogadora assumiu a posição de líbero já no final de sua carreira, aos 33 anos, depois de atuar como central ao longo de toda a sua trajetória esportiva, que teve início no final dos anos 1970. Conclui-se que a trajetória da jogadora merece destaque não somente por ter atuado na seleção brasileira ao longo de vinte anos, mas também por conta de suas qualidades técnicas na recepção e na defesa que a levaram a ser a primeira atleta a atuar oficialmente pelo Brasil na posição de líbero, no mundial de 1998, que aconteceu no Japão.

Palavras-chave: Mulher. Voleibol. Líbero. Brasil.

Abstract

Volleyball, a sport with more than 120 years of existence, has changed a lot in the last thirty years and Brazil has become a reference in this modality. One of the main changes was in the game system, with the introduction of players specialized in attack (opposite) and defense (libero). The main objective of this article, therefore, is to describe the trajectory of ex-player Sandra Lima, the first libero in Brazil, who started playing in northeastern Brazil and defended the selection at the Los Angeles Olympic Games (1984), Seoul (1988) and Atlanta (1996), among other important competitions. Through documentary research and an interview with the athlete herself, in 2014, the insertion, permanence and performance of the athlete as a libero until the moment she retired from the courts is analyzed. It turns out that the ex-player assumed the position of libero at the end of her career, at the age of 33, after serving as a central throughout her sports career, which began in the late 1970s. The conclusion is that the trajectory of the player deserves to be highlighted not only for having worked in the Brazilian team over twenty years. But also because of her technical qualities in the reception and defense that led her to be the first athlete to officially play for Brazil in the position of libero, in the 1998 world cup, which took place in Japan.

Keywords: Woman. Volleyball. Libero. Brazil.