Biblioteca de Artigos Científicos

Seja bem vindo ao acervo de artigos da Fontoura Editora

HOMEPAGE MISSÃO COMISSÃO EDITORIAL NORMAS DE PUBLICAÇÃO CONTATO

PREVALÊNCIA E FATORES ASSOCIADOS ÀS LESÕES EM PRATICANTES DE MUSCULAÇÃO DAS ACADEMIAS DO MUNICÍPIO DE FARROUPILHA/RS

Para baixar o artigo clique aqui

Autor(es)

Marcella Dossin Broilo, Ricardo Rodrigo Rech.

Resumo

Objetivo: O presente estudo teve como objetivo verificar a prevalência de lesões em praticantes de musculação nas academias do município de Farroupilha. Método: O estudo quantitativo transversal foi realizado na cidade de Farroupilha/RS, Brasil, com os praticantes de musculação de ambos os sexos, com idade acima de 18 anos, inscritos a pelo menos 06 meses em alguma das academias da cidade. Foram selecionadas 10 academias (amostra por conveniência) do município de Farroupilha para disponibilizar o questionário para o estudo. Os praticantes que se prontificaram voluntariamente mediante a concordância com o termo de consentimento livre e esclarecido, responderam um questionário autoaplicável com dados individuais e fatores relacionados ao treinamento. Resultados: Foram avaliados no total 462 participantes. Dos avaliados 29,7% relataram já ter tido algum tipo de lesão realizando treinamento físico. A duração do treino maior, a frequência semanal dos treinos, os avaliados do sexo masculino e àqueles com idade inferior a 30 anos apresentaram prevalências superiores de lesões em relação aos seus pares (p<0,05). O objetivo do treino e a prática orientada ou não por personal trainer não apresentaram associação significativa com as lesões (p>0,05). Conclusões: O presente estudo apresentou um percentual considerável de lesões durante treinamentos. Os homens que frequentam as academias de musculação 3 vezes por semana ou mais e passam mais tempo dentro do ambiente da academia, lesionam-se mais, bem como, o público mais jovem em busca de resultados estéticos, encontram-se mais suscetíveis às lesões.

Palavras-chave: Treinamento de força. Lesões. Prescrição de treinamento. Personal trainer.

Abstract

Objective: This study aimed to verify the prevalence of injuries on individuals who practice weight training at the gyms located in Farroupilha. Method: The crosssectional study was carried out in Farroupilha/RS, Brazil, on both gender individuals who practice weight training, all over 18 years of age, those being gym members for longer than 6 months at one of the gyms in the city. Ten gyms were selected (through convenience sampling) in Farroupilha to disclose the surveys for the study. The individuals who volunteered – upon agreement – answered a selfapplicable questionnaire, with individual aspects and factors related to their training. Results: 462 participants were evaluated in total. From the evaluated individuals, 29,7% reported to have had some type of injury caused by physical activities. The longer the time of the training, its weekly frequency, the male evaluated individuals and those older than 30 years of age presented superior prevalence related to their pairs (p0,05). The focus of the training and the oriented – or not oriented- practice by a personal trainer did not presente significant association with injuries (p>0,05). Conclusions: This study brought a considerable percentage of injuries during training forward. Male individuals who attend weight training gym locations three or more times a week and spend more time at the gym do get more injuries, as well as the younger individuals who are in search of aesthetical results, find themselves more vulnerable to these injuries.

Keywords: Weight training. Injuries. Exercise prescription. Personal trainer.