Biblioteca de Artigos Científicos

Seja bem vindo ao acervo de artigos da Fontoura Editora

HOMEPAGE MISSÃO COMISSÃO EDITORIAL NORMAS DE PUBLICAÇÃO CONTATO

PRINCIPAIS LESÕES EM ATLETAS PRATICANTES DE FUTEVÔLEI DOS MUNICÍPIOS DE ITAJAÍ E BALNEÁRIO CAMBORIÚ/SC

Para baixar o artigo clique aqui

Autor(es)

Marcelo de Oliveira Pinto, Milena Julia Chirolli, Luiz Fernando Dias, Thiago Ferro da Silva, Suzana Matheus Pereira.

Resumo

O Futevôlei é um esporte genuinamente brasileiro. Seu surgimento foi na década de 60, na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro. O clima tropical e o extenso litoral brasileiro proporcionaram a expansão da modalidade por todo o país. O objetivo deste trabalho é compreender as lesões que ocorrem nos praticantes de futevôlei e relacioná-las com suas possíveis causas. Esta pesquisa é transversal, quantitativa e com caráter exploratório. Foram selecionados 51 praticantes das cidades de Itajaí e Balneário Camboriú/SC, com faixa etária entre 18 e 65 anos, do sexo masculino. Foi aplicado um questionário contendo 19 questões para identificação do perfil do atleta e da lesão. A média do perfil do praticante é de 37,5 ± 10,5 anos de idade, com peso corporal de 82,2 ± 9,7 quilos e 8,3 ± 7,5 anos de prática da modalidade. As lesões do tipo muscular foram as mais recorrentes, sendo a coluna lombar e os joelhos as regiões mais acometidas. O tempo de afastamento, ocasionado pela lesão, foi em média 45 dias e os métodos prescritos para tratamento mais utilizados foram repouso e medicação. Prescrito em sua maioria por um médico.

Palavras-chave: Trauma. Medicina do esporte. Praia. Lesão esportiva. Futevôlei.

Abstract

The Futevôlei is a genuinely Brazilian sport. Its appearance in the decade of 60s in the beach of Copacabana, in Rio de Janeiro. The Brazil has a tropical climate and an extensive coastline, which has allowed the expansion of the sport all over the country. The objective of this work is to understand the injuries that occur in soccer players and relate them to their possible causes. This research is transversal, quantitative and exploratory. We selected 51 practitioners from the city of Itajaí and Balneário Camboriú/ SC, aged between 18 and 65 years, male. A questionnaire containing 19 questions was applied to identify the profile of the athlete and the injury. The profile of the practitioner is 37.5 ± 10.5 years old, with body weight of 82.2 ± 9.7 kilos and 8.3 ± 7.5 years of practice of the modality. Muscular type lesions were the most recurrent, with the lumbar spine and knees being the most affected. The time of removal caused by the lesion was on average 45 days and the most commonly prescribed methods of treatment were resting and medication. Prescribed most of the time by the physician.

Keywords: Trauma. Sports medicine. Beach. Sports injury. Football