Biblioteca de Artigos Científicos

Seja bem vindo ao acervo de artigos da Fontoura Editora

HOMEPAGE MISSÃO COMISSÃO EDITORIAL NORMAS DE PUBLICAÇÃO CONTATO

(IN)VISIBILIDADE DA PSICOLOGIA NA PSICOLOGIA DO ESPORTE: UMA HISTÓRIA EM CONSTRUÇÃO

Para baixar o artigo clique aqui

Autor(es)

Emmi Myotin, Sérgio Dias Cirino.

Resumo

O objetivo deste estudo foi analisar a produção científica em Psicologia do Esporte (PE) nos Programas de Pós-Graduação (PPGs) stricto sensu em Psicologia (PSI) e Educação Física (EFI), recomendados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), que apresentavam teses e dissertações sobre temáticas relacionadas à PE, entre 1980 e 2012. Realizou-se uma pesquisa descritiva, bibliográfica e documental. Os dados foram analisados segundo Bardin (1977) e apresentados em frequência das categorias: PPGs e respectivas instituições; dissertações e respectivos autores(as) e orientadores(as), áreas de formação e ano de defesa. Os resultados indicaram que os PPGs produziram 55 dissertações sobre PE. Dos seis PPGs em PSI, apenas um apresentou dissertações sobre PE (5% da produção). Em relação à EFI, dois PPGs apresentaram 52 dissertações (95% da produção). Quanto à formação dos autores, 70% tinham diploma em EFI, 9% eram formados em PSI, 9%, em Fisioterapia (FIS), 8% possuíam formação dupla e 4%, formação não identificada. Em relação aos orientadores, 67% eram da área da EFI e 33%, da PSI. Houve, portanto, dominância da EFI tanto na formação dos autores quanto dos orientadores. Os resultados foram discutidos à luz da teoria de Pierre Bourdieu (1983) e concluiu-se que ações deveriam ser dirigidas para promover o crescimento e o desenvolvimento da PE na área da Psicologia.

Palavras-chave: Psicologia do Esporte e Produção Científica. Psicologia do Esporte e Educação Física. Psicologia e Educação Física. Psicologia e Esporte. Psicologia do Esporte e Pós-Graduação.

Abstract

The aim of this study was to analyse the scientific production in Sports Psychology (SP), investigating post-graduate programs (PGP) in Psychology (PSY) and Physical Education (PE), recommended by the Coordination of Improvement of Higher Education Personnel (CAPES), that presented dissertations on themes related to SP, between 1980 and 2012. To achieve this goal, a descriptive, bibliographical and documental research was carried out. The results were analysed according to Bardin (1977) and data presented in frequencies of the categories: PGPs and their institutions; dissertations and their authors and supervisors, and respective educational background and year of the submission. This survey indicated that the PGPs produced 55 dissertations on SP. Of the six PGPs in PSY, only one program presented three dissertations (5% of the production). In relation to PE programs, two PGPs presented 52 dissertations (95% of the total production). With regard to the authors, in the education background category, 70% had PE training; 9% training in PSY; 9% Physiotherapy training; 8% with double formation and 4% was unidentified. In relation to the supervisors, the results indicated that 67% was from the PE area and 33% from the PSY. There was, therefore, PE dominance. The results were discussed in the light of Bourdieu's theory (1983). It was concluded that actions should be directed to promote the growth and development of SP in the Psychology area.

Keywords: Sport Psychology and Scientific Production. Sport Psychology and Physical Education. Psychology and Physical Education. Psychology and Sport; Sport Psychology and Post-Graduate Programs.