Biblioteca de Artigos Científicos

Seja bem vindo ao acervo de artigos da Fontoura Editora

HOMEPAGE MISSÃO COMISSÃO EDITORIAL NORMAS DE PUBLICAÇÃO CONTATO

A PRÁTICA DE EXERCÍCIO FÍSICO COMO FERRAMENTA PARA MANEJO DO ESTRESSE DURANTE A PANDEMIA DO COVID-19

Para baixar o artigo clique aqui

Autor(es)

Iara dos Santos Barbosa da Silva, Kauan Galvão Morão, Raphael Moura Rolim, Guilherme Bagni, Afonso Antonio Machado.

Resumo

Devido ao cenário pandêmico que o mundo todo está passando atualmente, a prática de atividades e exercícios físicos foi afetada de forma direta, onde algumas atividades foram suspensas buscando evitar aglomerações e minimizar o contágio do vírus. Por conta dos benefícios gerados pela atividade física, faz-se necessário investigar esse cenário atual. Assim, o objetivo deste estudo consiste em investigar os efeitos da prática de exercícios físicos em diversos indivíduos durante o período de pandemia. A amostra do estudo foi composta por 100 participantes. Os indivíduos poderiam ser fisicamente ativos e terem continuado ou parado a prática da atividade física durante a pandemia ou ainda serem indivíduos inativos que iniciaram a prática de atividades físicas durante a pandemia. Como instrumento foi utilizado um questionário contendo 17 perguntas (abertas e fechadas), desenvolvido pelos autores do estudo e validado por especialistas da área. O questionário foi aplicado de maneira virtual por meio do Google Forms e para análise dos dados foi feita a categorização das respostas, sendo que o software Microsoft Excel foi utilizado para tabulação dos dados e verificação dos percentuais correspondentes. Como resultados, destaca-se a modificação da percepção em relação a adesão a atividades físicas, devido a alterações na rotina dos indivíduos proporcionada pela pandemia. Notou-se também que a prática de exercícios físicos proporcionou melhorias de fatores psicopatológicos que os indivíduos manifestavam. Destaca-se a importância dos treinamentos serem acompanhados por profissionais, bem como a melhoria na saúde integral do indivíduo que a atividade física proporcionou durante o período de isolamento social.

Palavras-chave: Alterações Emocionais. Estresse. Pandemia. Atividade Física.

Abstract

Due to the pandemic scenario that the world is currently experiencing, the practice of physical exercises was directly affected, where some activities were suspended seeking to avoid agglomerations and minimizing the contagion of the virus. Because of the benefits generated by physical activity, it is necessary to investigate this current scenario. Thus, the aim of this study is to investigate the effects of physical exercise on several individuals during the pandemic period. The study sample consisted of 100 participants. The individuals could be physically active and have continued or stopped the practice of physical activity during the pandemic, or they could be inactive individuals who started the practice of physical activities during the pandemic. As instrument, we used a questionnaire containing 17 questions (with open and closed questions), developed by the study authors and validated by specialists in the field. The questionnaire was applied virtually through Google Forms and for data analysis, the answers were categorized, and the Microsoft Excel software was used to tabulate the data and check the corresponding percentages. As a result, the change in perception regarding adherence to physical activities stands out, due to changes in the routine of individuals provided by the pandemic. It was also noted that the practice of physical exercises provided improvements in psychopathological factors that the individuals manifested. The importance of training being monitored by professionals is highlighted, as well as the improvement in the integral health of the individual that physical activity provided during the period of social isolation.

Keywords: Emotional Changes. Stress. Pandemic. Physical activity.