Biblioteca de Artigos Científicos

Seja bem vindo ao acervo de artigos da Fontoura Editora

HOMEPAGE MISSÃO COMISSÃO EDITORIAL NORMAS DE PUBLICAÇÃO CONTATO

EFEITO DA INGESTÃO DE CAFÉ NA HIPOTENSÃO PÓS-EXERCÍCIO

Para baixar o artigo clique aqui

Autor(es)

Thereza Karolina Sarmento da Nóbrega, Mônica Jane Cabral da Silva, James Silva Moura Junior, Wandeyldena Barboza Viegas, Alexandre Sérgio Silva.

Resumo

O exercício físico tem sido cada vez mais adotado como terapia anti-hipertensiva não medicamentosa por promover redução nos níveis pressóricos pós-exercício, denominado hipotensão pós-exercício (HPE). Porém, alguns hábitos alimentares podem atenuar ou mesmo anular este efeito promovido pelo exercício. O objetivo deste estudo foi investigar o efeito da ingestão de café na resposta pressórica pós-exercício em sujeitos hipertensos praticantes de caminhada. Seis sujeitos realizaram duas sessões de caminhada com duração de 40 minutos, com intervalo de 48 horas entre as sessões. Quarenta minutos antes de uma das sessões eles ingeriram três xícaras de café (Ca). Na outra sessão eles ingeriram a mesma quantidade de um placebo (Pl) (café descafeinado). A pressão arterial (PA) e a freqüência cardíaca (FC) foram mensuradas 10 minutos antes da ingestão dos cafés, ao longo de dos 40 minutos que separaram a ingestão do inicio do treinamento, imediatamente após o exercício e aos 10, 20 e 30 minutos durante o período de recuperação. Os resultados mostraram que, ainda em repouso, a PA e a FC estiveram mais altas com a ingestão de café do que com a ingestão de placebo. Após o exercício observou-se o fenômeno da HPE, mas com menores reduções em Ca que em Pl para a PAS (135 mmHg basal e 130,7, 130,3 e 131,3 mmHg durante a recuperação para Ca contra 139 mmHg basal e 127, 119,3 e 116 mmHg durante a recuperação para Pl), com diferenças estatísticas observadas entre as duas situações (p< 0,05). Quanto à PAD, ocorreu uma resposta hipotensora similar perante a administração das duas substâncias (92,3 mmHg basal e 92, 89,7 e 85,3 mmHg durante a recuperação para Ca contra 91 mmHg basal e 88 e 84,3 e 84,7mmHg durante a recuperação para Pl), sem diferenças estatísticas entre as duas situações. Conclui-se que a ingestão de três xícaras de café antes de uma sessão de exercício promove uma atenuação da HPE, particularmente na PAS.

Palavras-chave: cafeína, exercício físico e hipotensão pós-exercício.

Abstract

The physical exercise has been adopted as anti-hypertensive therapy for promoting reduction in the pressoric levels in post-exercise moments, denominated post-exercise hypertension (PEH). However, some alimentary habits can lessen or even to annul this effect promoted by the exercise. The objective of this study was to investigate the effect of the ingestion of coffee in the PEH in hypertensive’s subjects practicers of walk. Six subjects accomplished two walk sessions with duration of 40 minutes, with interval of 48 hours among the sessions. Forty minutes before one of the sessions they ingested three coffee cups (CA). In the other session they ingested the same amount of a placebo (Pl) (decaffeinated coffee). The blood pressure (BP) and heart rate (HR) were measured 10 minutes before the ingestion of the coffees, along of the 40 minutes that separated the ingestion of the begin of the training, immediately after the exercise and to the 10, 20 and 30 minutes during the recovery period. The results showed that, still in rest, the BP and HR they were higher with the ingestion of coffee than with the placebo ingestion. After the exercise the phenomenon of PEH was observed, but with smaller reductions in CA for systolic BP (135mmHg basal and 130,7, 130,3 and 131,3 mmHg during the recovery for CA against 139 basal mmHg and 127, 119,3 and 116 mmHg during the recovery for Pl), with statistical differences observed among the two situations (p < 005). To diastolic BP, it occurred an similar pressoric response to administration of the two substances (92,3 mmHg basal and 92, 89,7 and 85,3 mmHg during the recovery for CA against 91 mmHg basal and 88, 84,3 and 84,7mmHg during the recovery for Pl), without statistical differences among the two situations. It is ended that the ingestion of three coffee cups before an exercise session promotes a reduction of PEH, particularly in the systolic BP levels.

Key-words: Caffeine, physical exercise and post-exercise hypotension.