Biblioteca de Artigos Científicos

Seja bem vindo ao acervo de artigos da Fontoura Editora

HOMEPAGE MISSÃO COMISSÃO EDITORIAL NORMAS DE PUBLICAÇÃO CONTATO

COMPARAÇÃO DO NÚMERO DE REPETIÇÕES MÁXIMAS ENTRE EXERCÍCIOS UNIARTICULARES E MULTIARTICULARES, PARA MESMOS GRUPAMENTOS MUSCULARES, A 60 E 80\% DE 1RM

Para baixar o artigo clique aqui

Autor(es)

Leonardo Martins Capute, Maurício Gattás Bara Filho.

Resumo

O objetivo deste estudo foi comparar o número de repetições máximas de exercícios uniarticulares e multiarticulares para mesmos grupamentos musculares, a 60 e 80% de 1RM. Para tanto, 11 sujeitos com idade entre 20 e 28 anos, graduados ou graduando em Educação Física, 7 do sexo feminino, com experiência mínima de dois anos em Musculação, foram submetidos inicialmente a um teste de 1RM nos exercícios Pressão de Pernas 45º, Cadeira Extensora, Supino Reto com Barra e Voador Anterior na Máquina. Um protocolo de familiarização de quatro semanas, onde os sujeitos treinavam os exercícios citados a 60 e 80% de 1RM, três dias não consecutivos por semana, de forma a alternar o percentual de carga em cada semana até que a quarta fosse completada, foi realizado. Em seguida, para ajuste da carga de teste, os sujeitos passaram por mais um teste de força máxima (1RM). Posteriormente os sujeitos realizaram o número máximo de repetições possíveis, até a exaustão, nos quatro exercícios a 60 e 80% da carga máxima do último teste de 1RM feito. Entre todos os testes foi respeitado um intervalo de 24-48h. Dos quatro emparelhamentos estudados, Pressão e Extensora a 60% de 1RM, Supino e Voador a 60%, Pressão e Extensora a 80% e Supino e Voador a 80%, somente no segundo, Supino e Voador a 60% de 1RM, não foi encontrado diferenças significativas (P < 0,05) entre as médias do número de repetições máximas realizadas pelos indivíduos entre ambos. Os resultados sugerem que existe diferença no número de repetições máximas no que diz respeito à quantidade de musculatura envolvida em um mesmo percentual de carga máxima.

Palavras chave: Musculação, repetições máximas, percentual de carga máxima.

Abstract

This study aimed to compare de number of maximum repetitions of single and multijoint exercises from the same muscle group during 60 and 80% one maximum repetition (1RM). For that, 11 subjects (age between 20 and 28 years), 7 female, with minimum 2 years of experience in resistance training were submitted initially to a 1RM test in the following exercise: knee extension, leg press 45º, bench press, machine flyes. A four week familiarization protocol were conducted. After that, to adjust the test load, they were submitted to another maximum load test (1RM). Afterward, they performed the possible maximum repetitions until exhaustion in both exercises at 60 and 80% of maximum load. Among the tests, there was a 24-48hour interval. In the leg exercises, it was found significant differences (P < 0,05) between the means of number of maximum repetitions at both loads, the same behavior with chest exercises at 80%. However, in the chest exercises at 60% of 1RM, it was not found significant differences (P ≥ 0,05) The results suggest that there is a difference in the number of maximum repetition related to the amount of muscles involved with the same load rate to the same muscle group.

Key words: Strength, maximum repetitions, maximum load rate.