Biblioteca de Artigos Científicos

Seja bem vindo ao acervo de artigos da Fontoura Editora

HOMEPAGE MISSÃO COMISSÃO EDITORIAL NORMAS DE PUBLICAÇÃO CONTATO

A CAPACIDADE FUNCIONAL DE MULHERES IDOSAS ATIVAS VINCULADAS À UNIVERSIDADE ABERTA À TERCEIRA IDADE )UNATI) - ESEFFEGO

Para baixar o artigo clique aqui

Autor(es)

Jairo Teixeira Júnior, Jorge Batista dos Reis Filho, Felipe Maia Mendonça, Roberta Espindola Nunes, Claudianna Carvalhaes Fernandes.

Resumo

Este trabalho teve como objetivo avaliar a capacidade funcional de mulheres idosas participantes das atividades da Universidade Aberta à Terceira Idade (UNATI) na Universidade Estadual de Goiás, Unidade Universitária Escola Superior de Educação Física e Fisioterapia de Goiás (ESEFFEGO) em Goiânia-GO, verificando, sobretudo, os aspectos relacionados à agilidade, equilíbrio, força e flexibilidade. A escolha desse assunto decorreu da sua abrangência na atualidade, visto que o envelhecimento traz consigo várias alterações fisiológicas e, portanto, a necessidade de prevenção e meios para manutenção dos itens supracitados, permitindo uma melhor qualidade de vida aos idosos. Para tanto, foram aplicados, a uma amostra de 34 idosas, da Universidade Aberta à Terceira Idade (UNATI), alguns testes para avaliar suas condições físicas e motoras quanto à agilidade, flexibilidade, força e resistência. As participantes foram divididas em dois grupos (grupo 1, com idades de 60 a 74 anos e grupo 2, de 75 a 89 anos), e apresentaram  os seguintes resultados: Teste força de braço. Grupo 1: 7% normais, 3% ruins e 90% excelentes; grupo 2: 17% normais, 33% ruins e 50% excelentes; Teste de levantar e sentar. Grupo 1: 39% normais, 7% ruins e 54% excelentes; grupo 2: 66% normais, 17% ruins e 17% excelentes; Teste flexibilidade de braço. Grupo 1: 50% normais, 32% ruins e 18% excelentes; grupo 2: 50% normais, 50% ruins e 0% excelente; Teste de agilidade.  Grupo 1: 46% normais, 4% ruins e 50% excelentes; grupo 2: 33% normais, 17% ruins e 50% excelentes; Teste de flexibilidade alcance dos pés. Grupo 1: 36% normais, 57% ruins e 7% excelentes; grupo 2: 67% normais, 33% ruins e nenhum excelente; Teste de 50 metros percorridos em 6 minutos. Grupo 1: 11% normais, 89% ruins e 0% excelente; grupo 2: 67% normais, 33% ruins e 0% excelente. Concluiu-se que a maioria das idosas ativas encontra-se dentro dos parâmetros de capacidade funcional, considerados normais.

Palavras-chave: Capacidade funcional, idosas, envelhecimento.

Abstract

This study aimed to evaluate the functional capacity of elderly women participating in the activities of the Open University to the Third Age (UNAT) at the State University of Goiás, University Unit College of Higher Physical Education and Physiotherapy of Goiás (ESEFFEGO) in Goiânia-GO, especially to verify the aspects of agility, balance, strength and flexibility. The choice of this issue occurred due to the comprehensiveness of the same today, because aging brings with it many physiological changes and therefore the need for prevention and means for maintaining the above mentioned items, allowing a better quality of life for the elderly. For this, tests were used to assess the physical and motor skills on agility, flexibility, strength and endurance, applied to a sample of 34 elderly women, within the universe of elderly ones of the Open University to the Third Age (UNAT), divided into two groups (group 01: 60 to 74 years and group 02: 75 to 89 years), presenting the following results: Arm strength test, group 01 - 7% normal, 3% poor and 90% excellent; group 02 - 17% normal, 33% bad and 50% excellent; test stand and sit, group 01 - 39% normal, 7% bad and 54% excellent; group 02 - 66% normal, 17% bad and 17% excellent, flexible arm test, group 01 - 50% normal, 32% bad and 18% excellent; group 02 - 50% normal, 50% bad and none excellent; agility test, group 01 - 46% normal, 4% poor and 50% excellent; group 02 - 33% normal, 17% bad and 50% excellent; reach flexibility test of the feet, group 1 – 36 normal, 57% poor and 7% excellent, group 02 to 67% normal, 33% bad and none excellent; test of 50 meters walked in 6 minutes, group 01 - 11% normal, 89% bad and none excellent; group 02 - 67% normal, 33% bad and none excellent. It was concluded that the majority of the active elderly women is within the range of functional capacity considered normal.

Keywords: Functional capacity, elderly, aging.